The Presidents of the United States of America — Ballad Of The Unstoppable Female (The Anna Nicole Smith Story) letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Ballad Of The Unstoppable Female (The Anna Nicole Smith Story)" de The Presidents of the United States of America.

Letra

You never had rabies
You never gained weight
You never drank poison
You watched what you ate
You never came home with a terrible scar
You never so much as put a scratch on my car
You never got measles
You never got gout
You never got dizzy
And you never fell out
You never suggested we all play charades
You never picked up any live hand grenades
You twisted your ankle
I carried you
You got a divorce
So I married you
You fell off a cliff
So I buried you
I wish there were more bad times to see you through
I wish there were more bad times
Wish there were more bad times (x4)
I wish there were more
You never lost contact
You never leaked oil
You never drank cleanser
And you never ate foil
You never got hurt by sticks and stones
You never choked on any big chicken bones
You never got mauled by a mad baboon
You never lost all the air in your balloon
You never got poked in the eye with a spork
You never got sick from all that leftover pork
You twisted your ankle
I carried you
You got a divorce
So I married you
You fell off a cliff
So I buried you
I wish there were more bad times to see you through
I wish there were more bad times
So many things did go wrong
But the list is not long enough
Not enough bad things to fill up a song
Wish there were more bad times (x4)
I’d rather gather your bones
Than mop up this mess
If I scrub us all spotless
I’ll wreck our success
I was holding your hand
When it fell on the floor
When you left you broke the knob on the door
I wish there was more

Tradução da letra

Nunca tiveste raiva.
Nunca engordaste.
Nunca bebeste veneno.
Viste o que comeste.
Nunca chegaste a casa com uma cicatriz terrível.
Nem sequer puseste um arranhão no meu carro.
Nunca tiveste sarampo.
Nunca tiveste gota
Nunca ficaste tonto.
E nunca caíste
Nunca sugeriste que jogássemos charadas.
Nunca apanhaste granadas de mão ao vivo.
Torceste o tornozelo
Eu carreguei-te
Divorciaste-te.
Então casei contigo.
Caíste de um penhasco
Por isso enterrei-te.
Quem me dera que houvesse mais momentos maus para te acompanhar.
Quem me dera que houvesse mais momentos maus
Quem me dera que houvesse mais momentos maus (x4)
Quem me dera que houvesse mais
Nunca perdeste o contacto.
Nunca vazaste petróleo.
Nunca bebeste "limpador".
E nunca comeste folha de alumínio.
Nunca te magoaste com paus e pedras.
Nunca te engasgaste com ossos grandes de galinha.
Nunca foste atacado por um babuíno louco.
Você nunca perdeu todo o ar em seu balão
Nunca foste espetado no olho com uma cegonha.
Nunca ficaste doente com as sobras de porco.
Torceste o tornozelo
Eu carreguei-te
Divorciaste-te.
Então casei contigo.
Caíste de um penhasco
Por isso enterrei-te.
Quem me dera que houvesse mais momentos maus para te acompanhar.
Quem me dera que houvesse mais momentos maus
Tantas coisas correram mal
Mas a lista não é suficientemente longa.
Não há coisas más suficientes para encher uma canção
Quem me dera que houvesse mais momentos maus (x4)
Prefiro juntar os teus ossos.
Do que limpar esta confusão
Se eu esfregar-nos todos imaculados
Destruirei o nosso sucesso.
Estava a segurar a tua mão.
Quando caiu no chão
Quando te foste embora partiste a maçaneta da porta
Quem me dera que houvesse mais