Sons of Perdition — Profane the Night letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Profane the Night" de Sons of Perdition.

Letra

I made my way toward Show Low
Through a desert dry as bone
I grew sicker from my wounds
As they festered in the burning sun
Consumed by pangs of hunger
I sought shelter in a cave
While they poison in my blood
Snaked its way into my fevered brain
Blood unto wine
Wine turns to piss
Flesh unto bread
Bread turns to ash
Gold unto lead
Lead into stone
Skin decays to dust
The grave becomes a throne
Without a dime or a bite of food
Desperation turned to panic
So when that hunter found my den
He found a beast that had gone manic
I brained him with my rifle butt
Then I took my knife and slit
I dressed his body where it lay
And roasted it upon a spit
Blood unto wine
Wine turns to piss
Flesh unto bread
Bread turns to ash
Gold unto lead
Lead into stone
Skin decays to dust
The grave becomes a throne
Blood unto wine
Wine turns to piss
Flesh unto bread
Bread turns to ash
Gold unto lead
Lead into stone
Skin decays to dust
The grave becomes a throne

Tradução da letra

Eu fiz o meu caminho para o Show Low
Através de um deserto seco como um osso
Fiquei mais doente das minhas feridas.
Enquanto eles festejavam no sol ardente
Consumido por dores de fome
Procurei abrigo numa caverna.
Enquanto envenenam o meu sangue
Entrou no meu cérebro febril
Sangue para o vinho
O vinho transforma-se em mijo.
Carne até pão
O pão transforma-se em cinzas
Ouro ao chumbo
Chumbo na pedra
A pele decompõe - se em pó
A sepultura torna-se um trono
Sem um tostão ou uma dentada de comida
O desespero transformou-se em pânico.
Quando aquele caçador encontrou o meu covil
Ele encontrou uma besta que tinha enlouquecido.
Dei cabo dele com o meu rabo de espingarda.
Depois peguei na minha faca e cortei-A.
Vesti o corpo dele onde estava.
E assou-o num espeto
Sangue para o vinho
O vinho transforma-se em mijo.
Carne até pão
O pão transforma-se em cinzas
Ouro ao chumbo
Chumbo na pedra
A pele decompõe - se em pó
A sepultura torna-se um trono
Sangue para o vinho
O vinho transforma-se em mijo.
Carne até pão
O pão transforma-se em cinzas
Ouro ao chumbo
Chumbo na pedra
A pele decompõe - se em pó
A sepultura torna-se um trono