Slim Wray — House of D letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "House of D" de Slim Wray.

Letra

There’s a drunk’n Irish man dead asleep on the floor
He smells so bad, you think he never showered before
And Tio’s spit’n me a rhyme
He wants me to sing on the ouside
When you spend a second night in a cell, you know it’s for real
I said, “Hey officer, I didn’t maim, rape or stealâ€
He said, “Not problem, so sit there real stillâ€
I’m eat’n cheese off stale bread
Pass on milk so I don’t use the can
When you spend a second night in a cell, you know it’s for real
The call girl banshees stomp, scream and shout
Their sunken eyes say what the story’s about
She say, “Hey you there with the pretty hair…
Is that a man, or is that a girl there?â€
When you spend a second night in a cell, you know it’s for real
Well it’s on your mind how to spend that time
You wish the hours away
All day
It’s like a holiday when they’re call’n names
We all rush the gate
Like fish in a bowl at feed’n time
Andreas is strung-out, beg’n for some corn flakes
Dishawn is here for drive’n without registration
We’re staring at those cold bars
But the other side is where the real thugs are
When you spend a second night in a cell, you know it’s for real

Tradução da letra

Há um bêbado Irlandês morto a dormir no chão.
Ele cheira tão mal que nunca tomou banho.
E o Tio cuspiu - me uma rima
Ele quer que eu cante no ouside
Quando passas uma segunda noite numa cela, sabes que é a sério.
Eu disse, "agente, Eu não mutilei, violei ou roubei"
Ele disse: "Não há problema, por isso, senta - te aí quietinho."
Estou a comer queijo de pão velho
Passa o leite para eu não usar a lata.
Quando passas uma segunda noite numa cela, sabes que é a sério.
A call girl banshees bate, grita e grita
Seus olhos afundados dizem o que a história é sobre
Ela disse: "olha para ti com o cabelo bonito.…
É um homem ou uma rapariga?a€
Quando passas uma segunda noite numa cela, sabes que é a sério.
Bem, está na tua mente como passar esse tempo
Você deseja as horas de distância
Dia
É como um feriado quando chamam nomes
Todos corremos pelo portão.
Como peixe numa tigela na hora de comer
Andreas está tenso, implora por alguns flocos de milho.
A Dishawn está aqui para conduzir sem registo.
Estamos a olhar para aquelas barras Frias.
Mas o outro lado é onde estão os verdadeiros bandidos.
Quando passas uma segunda noite numa cela, sabes que é a sério.