Siempre Así — Completamente tieso letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Completamente tieso" de Siempre Así.

Letra

No te mando flores porque estoy tieso
Pero algunas del parque te robaré
Porque tenemos que mimar lo nuestro
Y cualquier cosita nos puede valer
No te invito a cenar porque no puedo
Nos quedamos en casa, qué mas da!
Yo cocinaré a fuego lento
Una noche que nunca olvidarás
Te diré al oído cuánto te quiero
Cuánto te quiero, cuánto te quiero
Cuando estoy contigo no tengo miedo, no tengo miedo
No tengo miedo de nada de lo que pueda pasar
Si te tengo a ti yo seré feliz
A mi no me hace falta nada más
Si te tengo a ti yo seré feliz
A mi no me hace falta nada más
No podemos viajar a otros países
Pero sí que podemos pasear
Y dejar que sevilla nos improvise
Una tarde que nunca olvidarás
Te diré al oído cuánto te quiero
Cuánto te quiero, cuánto te quiero
Cuando estoy contigo no tengo miedo, no tengo miedo
No tengo miedo de nada de lo que pueda pasar
Si te tengo a ti yo seré feliz
A mi no me hace falta nada más
Si te tengo a ti yo seré feliz
A mi no me hace falta nada más
Puede ser que esta crisis lo hace el mundo
O que salgamos a flote una vez más
En cambio los gobiernos que cambian el rumbo
De la historia, la ciencia, la humanidad
Que si te tengo a ti yo seré feliz
A mi no me hace falta nada más
No te mando flores porque estoy tieso
Porque estoy tieso, porque estoy tieso
No te invito a cenar porque estoy tieso
Porque estoy tieso, porque estoy tieso
No tengo para besar porque estoy tieso
Porque estoy tieso, porque estoy tieso

Tradução da letra

Não te mando flores porque estou duro
Mas algumas do parque vão roubar te
Porque temos de cuidar de nós
E qualquer coisa pode valer a pena
Não te convido a jantar porque não posso
Ficamos em casa, o que importa!
Eu cozinho a fogo baixo
Uma noite que nunca esquecerás
Digo Te ao ouvido o quanto te amo
Quanto te amo, quanto te amo
Quando estou com você não tenho medo, Não tenho medo
Não tenho medo de nada que possa acontecer
Se te tiver a ti serei feliz
Não preciso de mais nada
Se te tiver a ti serei feliz
Não preciso de mais nada
Não podemos viajar para outros países
Mas podemos passear
E deixar que Sevilha nos improvise
Uma tarde que nunca esquecerás
Digo Te ao ouvido o quanto te amo
Quanto te amo, quanto te amo
Quando estou com você não tenho medo, Não tenho medo
Não tenho medo de nada que possa acontecer
Se te tiver a ti serei feliz
Não preciso de mais nada
Se te tiver a ti serei feliz
Não preciso de mais nada
Pode ser que esta crise faz o mundo
Ou que saiamos à tona mais uma vez
Em vez disso os governos que mudam o curso
Da história, ciência, humanidade
Se te tiver a ti serei feliz
Não preciso de mais nada
Não te mando flores porque estou duro
Porque estou duro, porque estou duro
Não te convido a jantar porque estou duro
Porque estou duro, porque estou duro
Não tenho para beijar porque estou duro
Porque estou duro, porque estou duro