Pooh — Lettera da Marienbad letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Lettera da Marienbad" de Pooh.

Letra

Sono contento
si alzato un po' il vento
la nebbia cadr
nasce il mattino
una notte di meno
ed eccomi qua.
Laghi e pianura
la radio straniera
si sente da un po'
non sono stanco
la guida sicura
ce la farІ.
Questi anni chiusi in una lettera,
la tua storia, la tua fuga inutile,
l’uomo forte che non sa sorriderti,
il suo mondo che ti annienta…
Non ti avranno un giorno di pi№
se tu vorrai ti aspetta laggi№
la nostra citt.
La mia casa ancora cos¬
disordinata e piena di sole
come vuoi tu.
Strada privata
villa isolata
nascosta l nell’ombra quieta
della pineta
abiti qua.
La fontana non molto limpida
anche i fiori sanno d’aria umida.
Tutto intorno sembra sopravvivere
mi domando come hai fatto a viverci.
Dal confine all’alba per telefono
dissi solo «son venuto a prenderti».
Eri sola, sola come al solito
fra un istante tornerai a vivere.
(ripete ad libitum)

Tradução da letra

Fico feliz.
o vento levantou-se um pouco
o nevoeiro cai
a manhã vem
uma noite menos
e aqui estou eu.
Lagos e planície
rádio estrangeira
já o ouves há algum tempo.
Não estou cansado.
condução segura
para os faróis.
Estes anos fechados em uma carta,
a tua história, a tua fuga inútil,
o homem forte que não consegue sorrir para ti,
o seu mundo que te aniquila…
Não te terão nem mais um dia mais№
se você quiser esperar por você lá№
a nossa cidade.
Minha casa ainda porque
bagunçado e ensolarado
Como queira.
Estrada privada
moradia
Escondido Na Sombra Silenciosa
do Pinhal
tu vives aqui.
A fonte não está muito clara
até as flores sabem a ar húmido.
Tudo ao seu redor parece sobreviver
Pergunto - me como viveu lá.
Da fronteira ao amanhecer pelo telefone
Só disse: "Vim buscar-te."
Estavas sozinho, como sempre.
vais voltar à vida num momento.
(repete ad libitum)