Pooh — Eleonora, mia Madre letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Eleonora, mia Madre" de Pooh.

Letra

Tra le cose vecchie quel vestito lungo dei vent’anni tuoi
Come allora bello coi merletti non piu' bianchi per l’eta'
Donna tu mia madre scopro per la prima volta io a spiarti
Dalla porta tra le vecchie cose tue.
L’emozione cade nei pensieri della stanca tua realta'
Chiaro quel ricordo si fa strada tra la fantasia e l’eta'
Sul tuo viso stanco un sorriso spento e' quel che resta
Di una vita mai vissuta sempre attesa troppo ormai.
La tua antica delusione tra le prime rughe appare gia'
Sciogli i tuoi capelli lunghi come mai cosi' bella non ti ho vista
Mai.

Tradução da letra

Entre as coisas velhas que se vestem de 20 anos
Como, então, bela, sem mais "renda branca para a idade"
Mulher Tu Minha mãe eu descubro pela primeira vez que te espio
Pela porta entre as tuas coisas antigas.
A emoção cai nos pensamentos de sua realidade cansada
Claro que a memória faz o seu caminho entre a imaginação e a idade.
Na tua cara cansada um sorriso chato é o que resta
De uma vida que nunca viveu sempre esperando demais agora.
A tua velha desilusão entre as primeiras rugas já aparece.
Derrete o cabelo comprido como é bonito Eu não te vi
Nunca.