Pino Daniele — Quanno Chiove letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Quanno Chiove" de Pino Daniele.

Letra

E te sento quanno scinne 'e scale
'E corza senza guarda'
E te veco tutt’e juorne
Ca ridenno vaje a fatica'
Ma poi nun ridi cchiù.
E luntano se ne va
Tutt’a vita accussì
E t’astipe pe nun muri'.
E aspiette che chiove
L’acqua te 'nfonne e va Tanto l’aria s’adda cagna
Ma po' quanno chiove
L’acqua te 'nfonne e va Tanto l’aria s’adda cagna
Se fa scuro e parla 'a luna
E te vieste pe' senti'
Pe' te ogni cosa po' parla
Ma te restano 'e parole
E 'o scuorno 'e te 'ncuntra'
Ma passanno quaccheduno
Votta l’uocchie e se ne va.
E aspiette che chiove
L’acqua te 'nfonne e va Tanto l’aria s’adda cagna'
Ma po' quanno chiove
L’acqua te 'nfonne e va Tanto l’aria s’adda cagna

Tradução da letra

E consigo ouvir-te quando há faíscas e escadas
E corza sem olhar
E vemo-nos por aí, juorne.
Que ridenno vagueia com dificuldade.
Mas depois não te ris.
E folhas de luntano
Toda a sua vida ele acusou
E nunca morrerás.
E aspira aquela chuva
Água te ' nfonne e vai tanto ar acrescenta cabra
Mas quando chove um pouco
Água te ' nfonne e vai tanto ar acrescenta cabra
Se escurecer e falar com a lua
And you come on 'feel'
Pe ' te everything Little fala
Mas tu ficas e falas
É de manhã e vais morrer.
Mas eles passam por quacchedun
Votem no globo ocular e saiam.
E aspira aquela chuva
Água te 'nfonne e vai tanto ar acrescenta cabra'
Mas quando chove um pouco
Água te ' nfonne e vai tanto ar acrescenta cabra