Pedro Infante — Flor de Espino letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Flor de Espino" de Pedro Infante.

Letra

Como una rosa de luto
Que el viento la deshojó
Llevandose su secreto
Flor de espino se murió
No quiso tener amores
Cuando todos la quisieron
Ella se ha muerto por uno
Muchos por ella murieron
La flor de espino se ha muerto
Ya la llevan a enterrar
Las flores no la cubrieron
Nadie le vino a rezar
La flor de espino se ha muerto
Ya la llevan a enterrar
Cuentan que la flor de espino
Al cielo nunca llegó
Que quiso tanto en la tierra
Que a Dios nada le dejó
Con velo blanco de novia
En su lecho le adornaron
Tanto sufrieron por ella
Que los hombres no lloraron
La flor de espino se ha muerto
Ya la llevan a enterrar
Las flores no la cubrieron
Nadie le vino a rezar
La flor de espino se ha muerto
Ya la llevan a enterrar

Tradução da letra

Como uma rosa de luto
Que o vento a desfez
Levando seu segredo
Flor de espinheiro morreu
Não quis ter amores
Quando toda a gente a amou
Ela morreu por um
Muitos morreram por ela
A flor de espinheiro morreu
Já a levaram a enterrar
As flores não a cobriram
Ninguém lhe veio rezar
A flor de espinheiro morreu
Já a levaram a enterrar
Dizem que a flor de espinheiro
Para o céu nunca chegou
Que ele queria tanto na terra
Que a Deus nada o deixou
Com véu branco de noiva
No seu leito o adornaram
Tanto sofreram por ela
Que os homens não choraram
A flor de espinheiro morreu
Já a levaram a enterrar
As flores não a cobriram
Ninguém lhe veio rezar
A flor de espinheiro morreu
Já a levaram a enterrar