Paolo Meneguzzi — Golpes Bajos letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Golpes Bajos" de Paolo Meneguzzi.

Letra

Recuerda estЎbamos, sentados a la luz
Con las gafas de sol, de tu corazіn
Miro al horizonte, copiando a James Dean
Que hab­amos visto en un film
As­ crec­amos, con viento a favor
So±ando aquel amor, que un d­a llego
Como una marea, que inunda feliz
Y que luego nos hizo sufrir
Golpes bajos que duelen, que te parten el alma
Que te dejan sin sangre las venas
Se te seca la boca, te fundes y no sabes hablar
Golpes bajos que hieren, que rompen amigos
Que dejan su huella tan dentro
Golpes bajos que vienen, remedio en defensa no hay
Hablamos de ella, cada noche los dos
Versiones diferentes, del mismo corazіn
Para mi era importante, y eso lo sabias
No me lo esperaba de ti Golpes bajos que duelen, mЎs de una vez y mil veces
Traicionado al final como un perro
Si una mujer te hace da±o, un amigo duele mucho mЎs
Mucho mЎs
Golpes bajos que hieren, ya hab­a pensado
En definir o pasar a los pu±os
Pero despu (c)s te arrepientes los hombres no actєan as­
As­
Y ahora me telefoneas їporque?
Te remuerde algo y acudes a m­
Que pena me das, dime que queres
No hay nada mЎs ahora que haber
Nada mЎs…
Nada mЎs…
Golpes bajo que duelen, y que luego te ense±an
A no confiar mЎs en nadie
No puedo perdonarte deb­as saberlo ya tu Si tu…
Ella
Golpes bajos que duelen, olvid (c)moslo todo
Y tratemos de no sentir odio
Nos llamamos, pensamos, probamos hablar otra vez
Otra vez, otra vez oh, oh
(Golpes bajos que duelen, que te parten el alma)
Que te dejan sin sangre las venas
Si una mujer te hace da±o, un amigo duele mucho mЎs
Mucho mЎs, mucho mЎs…
Mucho mЎs, mucho mЎs, mucho mЎs
Si una mujer te hace da±o, un amigo duele mucho mЎs…

Tradução da letra

Lembre-se estYbamos, sentados à luz
Com os óculos de sol, do teu coração
Eu olho para o horizonte, copiando James Dean
O que vimos num filme
Ás crescemos, com vento a favor
Então aquele amor, que um da chegou
Como uma maré, que inunda feliz
E que depois nos fez sofrer
Golpes baixos que doem, que te partem a alma
Que te deixam sem sangue as veias
Seca-se a boca, funde-se e não sabe falar
Golpes baixos que ferem, que quebram amigos
Que deixam a sua marca tão dentro
Golpes baixos chegando, remédio em defesa não há
Falamos dela todas as noites
Versões diferentes, do mesmo corazin
Para mim era importante, e tu sabias disso
Eu não esperava isso de você Golpes baixos doendo, mYs de uma vez e mil vezes
Traído no final, como um cão
Se uma mulher faz você da±o, um amigo dói muito mYs
Muito mYs
Golpes baixos que ferem, já tinha pensado
Em definir ou passar aos pu±os
Mas depois (c)S você se arrepende os homens não actєan as
As
E agora telefonas-me porquê?
Lembra te de alguma coisa e vens a m
Que pena me dás, diz-me o que queres
Não há nada mYs agora para ter
Nada mYs…
Nada mYs…
Golpes baixos que doem, e que depois te ense±an
A não confiar em ninguém
Não te posso perdoar já deves saber tu se tu…
Ela
Golpes baixos que doem, esqueça (c) moslo tudo
E vamos tentar não sentir ódio
Nós nos chamamos, pensamos, tentamos falar novamente
Outra vez, outra vez, oh, oh
(Golpes baixos que doem, que te partem a alma)
Que te deixam sem sangue as veias
Se uma mulher faz você da±o, um amigo dói muito mYs
Muito mYs, muito mYs…
Muito mYs, muito mYs, muito mYs
Se uma mulher faz você da±o, um amigo dói muito mYs…