Nailed To Obscurity — Drift letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Drift" de Nailed To Obscurity.

Letra

So many scars on my soul
Lest I forget
They pain and bleed
Remind of my failures
Is there just one path
In my life before the death?
Will it lead me to the ultimate goal?
Did I work the switches wrong?
Forks in the road I plod along
Aimlessly drifting — Just to go on
Drifting alone into the unknown
I accepted my fate
But I’ve been silent for too long now
My flesh is tired
My life has gone so long time ago
I accepted that life
Is a loathsome mess
Who can lead
Me out of this?
Lead me through the dark
Onto the forgotten path
Left-behind in misery
Lonesomeness — Oppressing me
Echoes of pain — Obsessing my brain
A malady to go insane
Cannot move on
I am lost within
Who can lead
Me out of this
Life of wickedness?
To the light at the end
Just another try
To unleash myself
Navigation failed
No way out
There is just one path
In my life before the death
But there is no ultimate goal
All the forks in the road
All the switched I can’t avoid
Aimlessly drifting just to go on
Drifting alone into the unknown

Tradução da letra

Tantas cicatrizes na minha alma
Para que não me esqueça
Eles sofrem e sangram
Lembra-me os meus fracassos.
Há apenas um caminho
Na minha vida antes da morte?
Vai levar-me ao objectivo final?
Fiz mal Os interruptores?
Garfos na estrada
Sem rumo à deriva-só para continuar
Vagueando sozinho no desconhecido
Aceitei o meu destino
Mas estou em silêncio há muito tempo.
A minha carne está cansada.
A minha vida foi-se há tanto tempo.
Eu aceitei essa vida.
É uma confusão repugnante
Quem pode liderar
Eu fora disto?
Guia-me pelo escuro
Para o caminho esquecido
Deixado para trás na miséria
Solidão-oprime-me
Ecos de dor-obsessivo meu cérebro
Uma doença para enlouquecer
Não é possível seguir em frente
Estou perdido dentro de mim
Quem pode liderar
Eu fora disto
Vida de maldade?
Para a luz no fim
Só mais uma tentativa.
Para me libertar
A navegação falhou
Sem saída
Só há um caminho.
Na minha vida antes da morte
Mas não há um objetivo final
Todos os garfos na estrada
Toda a troca que não posso evitar
Sem rumo à deriva só para continuar
Vagueando sozinho no desconhecido