MyGrain — Planetary Breathing letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Planetary Breathing" de MyGrain.

Letra

World manifestation, return to concealement
Expansion, contraction, salvation through devastation
Universal movement like heart beat, awakening and falling asleep
Inhale, exhale — synchronized with galactic breath
Again I leave and return, depart and reappear
Awaken back to sleepless dreams, to the abyss of endless streams
The journey, undefinable eternity
The orgin, undescribable infinity
I am the grains of sand, I am the omniverse
Christ of crusader, death illustrator
Depriver of the universe, spreading organisms of the curse
Black star gazer, planet desolator
Return to origin of life and death, sowing the seed of eternal breath
Exploration of mysterious alliance
Fractions of universe, the legacy unciphers
Unnumbered consciousness coalesced to one
Connected to planetary breathing
(Breathe a sign of leviathan)
Eternal grasp of expiration, pendulum in equilibrium
In apocalypse nothingness, interstellar breeze of wilderness
Quantum mechanics of morbid soul, through umbilical cord of silver and gold
Of artificial intelligence, superfluous neuroactive energy
Inhale, exhale — a sigh inflames leviathan air waves
Apocalypse in microcosmic you, now reclaim the pain
Macrocosm in microcosmic you, the leviathan point of view
Blood cells to redshift threshold, emit the light to suction of black holes
Wavelength red end of the spectrum, light years beyond the body fuctions
Distorted time of event horizon, I see through my hand, the vital crimson
I am the grains of sand, I am the omniverse
I am the vacuum space of silence, I am the complex truth

Tradução da letra

Manifestação do mundo, retorno à ocultação
Expansão, contração, salvação através da devastação
Movimento Universal como bater o coração, acordar e adormecer
Inspira, expira-sincronizado com a respiração galáctica
Mais uma vez parto e volto, parto e reapareço
Acorda para os sonhos sem dormir, para o abismo das correntes intermináveis
A viagem, a eternidade indefinível
O orgin, infinito indescritível
Eu sou o grão de areia, Eu sou o Omniverso
Cristo cruzado, ilustrador da morte
Privador do universo, espalhando organismos da maldição
Black star Vezer, planeta desolator
Retorno à origem da vida e da morte, semeando a semente da eterna respiração
Exploração de uma aliança misteriosa
Frações do universo, os incipientes legados
Consciência não numerada junta-se a um
Ligado à respiração planetária
(Respirem um sinal de Leviatã)
Compreensão eterna da expiração, pêndulo em equilíbrio
No nada apocalíptico, a brisa interestelar da natureza
Mecânica quântica de alma mórbida, através do cordão umbilical de Prata e Ouro
De inteligência artificial, de energia neuroativa supérflua
Inspire, expire - um suspiro inflama as ondas de ar Leviatãs
Apocalypse in microcosmic you, now reclaim the pain
O macrocosmo em você microcósmico, o ponto de vista Leviatã
Células sanguíneas para Redshift threshold, emitir a luz para sucção de buracos negros
Comprimento de onda vermelho extremo do espectro, anos-luz para além das fuções do corpo
Tempo distorcido do horizonte de Eventos, eu vejo através da minha mão, o vermelho vital
Eu sou o grão de areia, Eu sou o Omniverso
Eu sou o espaço vazio do silêncio, Eu sou a verdade complexa