Mississippi John Hurt — Let the Mermaids Flirt With Me letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Let the Mermaids Flirt With Me" de Mississippi John Hurt.

Letra

Blues all on the ocean, blues all in the air
Can’t stay here no longer, I have no steamship fare
When my earthly trials are over, carry my body out in the sea
Save all the undertaker bills, let the mermaids flirt with me
I do not work for pleasure, earthly peace I’ll see no more
The only reason I work at all, is drive the world from my door
When my earthly trials are over, carry my body out in the sea
Save all the undertaker bills, let the mermaids flirt with me
My wife controls our happy home, a sweetheart I can not find
The only thing I can call my own, is a troubled and a worried mind
When my earthly trials are over, carry my body out in the sea
Save all the undertaker bills, let the mermaids flirt with me
Blues all in my body, my darling has forsaken me
If I ever see her face again, I have to swim across the sea
When my earthly trials are over, carry my body out in the sea
Save all the undertaker bills, let the mermaids flirt with me
Blues all on the ocean, blues all in the air
Can’t stay here no longer, I have no steamship fare
When my earthly trials are over, carry my body out in the sea
Save all the undertaker bills, let the mermaids flirt with me

Tradução da letra

Blues all on the ocean, blues all in the air
Não posso ficar mais aqui, Não tenho bilhete de navio a vapor.
Quando as minhas provas terrenas acabarem, leva o meu corpo para o mar.
Guarda todas as contas do cangalheiro, deixa as sereias namoriscarem comigo.
Não trabalho por prazer, paz terrena não verei mais
A única razão pela qual trabalho, é afastar o mundo da minha porta.
Quando as minhas provas terrenas acabarem, leva o meu corpo para o mar.
Guarda todas as contas do cangalheiro, deixa as sereias namoriscarem comigo.
A minha mulher controla a nossa casa feliz, uma querida que não encontro.
A única coisa a que posso chamar minha, é uma mente perturbada e preocupada.
Quando as minhas provas terrenas acabarem, leva o meu corpo para o mar.
Guarda todas as contas do cangalheiro, deixa as sereias namoriscarem comigo.
Blues em todo o meu corpo, minha querida abandonou-me
Se voltar a ver a cara dela, tenho de atravessar o mar a nado.
Quando as minhas provas terrenas acabarem, leva o meu corpo para o mar.
Guarda todas as contas do cangalheiro, deixa as sereias namoriscarem comigo.
Blues all on the ocean, blues all in the air
Não posso ficar mais aqui, Não tenho bilhete de navio a vapor.
Quando as minhas provas terrenas acabarem, leva o meu corpo para o mar.
Guarda todas as contas do cangalheiro, deixa as sereias namoriscarem comigo.