Max Gazzè — La Cosa Più Importante letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "La Cosa Più Importante" de Max Gazzè.

Letra

La cosa più importante non te la dico adesso
Ho addosso lo sgomento, di essere troppo o niente
La mia corona di paure con un diamante si sogni e ciondoli
Frantumi di ipotesi appese mi ricordano del vento
Un capogiro di gabbiani travolge l’orizzonte
Di echi bianchi di mare e scompare.
Tu dove vai… la lontananza cerca la sua immensità
Nell’abisso tra il piede e la sabbia
Dalle mie labbra a quel bacio imminente in cerca di te
Canterò.passioni e maree. che gonfiano gli oceani e i desideri
M’inventero un’attesa o forse una follia. di non voler capire
Che non si può capire cos'è un germoglio o una promessa
Non ho la convinzione che alla fine delle mie mani
Debba comunque cominciare una musica…
Perche alla fine della musica rimango solo con le mia mani
E senza musica
Con la corona di paura e il mio diamante di sogni e frantumi di ciondoli
E ipotesi appese per cercare il vento rapidi sbuffi di treni in salita
La sorpresa di gocce di pioggia che cadono fiocco di neve…
Tu dove vai… la lontananza ignora nostalgie
Come l’erba farà con la terra
L’ossessione che porta alla guerra e non porta da te
Canterò.passioni e maree che gonfiano gli oceani e i desideri
M’inventerò un’attesa o forse una follia di non voler capire
Che non ti posso dire… la cosa più importante qual'è

Tradução da letra

A coisa mais importante que não te estou a contar agora.
Tenho em mim a consternação de ser demasiado ou nada
A minha coroa do medo com um diamante que sonhas e pendentes
Lascas de suposições de enforcamento lembram-me o vento.
Uma tontura de gaivotas submerge o horizonte
De ecos brancos do mar e desaparece.
Onde vais ... a distância procura a sua imensidão
No abismo entre o pé e a areia
Dos meus lábios àquele beijo iminente à tua procura
Cantar.paixões e marés. que inflama os oceanos e os desejos
Fiz uma espera ou talvez uma loucura. não querer entender
Que você não pode entender o que é um bud ou uma promessa
Não estou convencido de que no fim das minhas mãos
Ainda tenho de começar uma música.…
Porque no fim da música Fico com as mãos
E sem música
Com a coroa do medo e o meu diamante de sonhos e pendentes quebrados
E pendurar suposições para procurar o vento rápido sopros de comboios subindo
A surpresa das gotas de chuva caindo Floco de neve…
Onde vais ... a distância ignora a nostalgia
Como a erva fará com a Terra
A obsessão que leva à guerra e não te leva a ti
Cantar.paixões e marés que inflam os oceanos e os desejos
Vou criar uma expectativa Ou talvez uma loucura de não querer entender
Isso não te posso dizer ... o mais importante é ...