Mark Owen — Sorry Lately letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Sorry Lately" de Mark Owen.

Letra

You think that there’s something wrong
Maybe I stayed too long
Or maybe you’re just getting into me Can’t get to sleep again, spending our lives away
But you don’t know what you mean to me, do ya?
Do you wanna take me over? Do ya, do ya?
I feel so alive, feels like I’ll live forever
I’m not afraid no more, I’m not afraid no more
I am so now here, standing in a moment
Her love flows like a river until she says it’s over
Come in you’ll catch a cold
Maybe we’re getting old
Or maybe we’re just getting into it When are you coming round? We’re going underground
We don’t even know how we’re doing it, do ya?
Do you wanna make me over, do ya? Do ya?
I feel so alive, feels like I’ll live forever
I’m not afraid no more, I’m not afraid no more
I am so now here, standing in a moment
Her love flows like a river until she says it’s over
I’ve been losing myself here lately
Sorry lately, I feel so alive
I’ve been losing myself here
Feel alive, I’ve been losing myself here
So don’t, so don’t go, don’t ever go away
Don’t ever go away
So don’t, don’t, don’t, don’t ever go away
Come in you’ll catch a cold
Maybe we’re getting old
Or maybe we’re just getting into it

Tradução da letra

Achas que há algo errado
Talvez tenha ficado muito tempo.
Ou talvez estejas a meter - te em mim não consegues dormir outra vez, a passar as nossas vidas longe
Mas não sabes o que significas para mim, pois não?
Queres tomar conta de mim? Pois não?
Sinto-me tão vivo, sinto que viverei para sempre
Já não tenho medo, Já Não tenho medo.
Estou aqui agora, de pé num instante.
O amor dela corre como um rio até ela dizer que acabou
Entra, vais apanhar uma constipação.
Talvez estejamos a ficar velhos.
Ou talvez nos estejamos a meter nisto quando voltas? Vamos para o subsolo.
Nem sabemos como o estamos a fazer, pois não?
Queres obrigar-me, não queres? Sabes?
Sinto-me tão vivo, sinto que viverei para sempre
Já não tenho medo, Já Não tenho medo.
Estou aqui agora, de pé num instante.
O amor dela corre como um rio até ela dizer que acabou
Tenho-me perdido aqui ultimamente.
Desculpa ultimamente, sinto-me tão vivo.
Tenho-me perdido aqui.
Sinto-me Vivo, tenho-me perdido aqui.
Por isso não, por isso não vás, nunca vás embora.
Nunca te vás embora.
Por isso Não, Não, Não, nunca te vás embora.
Entra, vais apanhar uma constipação.
Talvez estejamos a ficar velhos.
Ou talvez estejamos só a meter-nos nisso.