Mark Owen — Makin' Out letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Makin' Out" de Mark Owen.

Letra

I’ll be the one who brings you coffee
When you can’t get up
I’ll be the one who turns the light out
When you go to sleep
I’ll be the one who turns your stomach
Into somethin' else and you say
Shut up, shut up, every time I say
I’ll be the one who takes your coat off
One to take the blame
I’ll be the one you call your lover
Every now and then
You’ll be the one who keeps me sober
One to keep me sane and you say
Shut up, shut up, every time I say it And I’d cut my fingers to the bone
And I’d split my sides in for you
Tonight, we throw ourselves away
And we make it every timee
When I thought I was okay
You said I was alright
As the night comes crashin' down
We catch ourselves a line
Yeah, we’re only makin' out
If we make it out alright
I’ll be the one who stands beside you
In the photograph
I’ll be the one that’s in your water
When you want me there
I’ll be the one you’re fallin' over
Every time you laugh and you say
Shut up, shut up, every time I say
I’ll be the one who keeps you guessin'
Who swears a lot
I’ll be the one that let your colors
In the white wash
You’ll be the one that knocks the man out
I was beatin' up and you say
Shut up, shut up, every time I say it And you cut my face, I told you so And I’d tear my eyes out for you
Tonight, we throw ourselves away
And we make it every time
When I thought I was okay
You said I was alright
As the night comes crashin' down
We catch ourselves a line
Yeah, we’re only makin' out
If we make it out alright
And I’d cut my fingers to the bone
And I’d split my sides in for you
Tonight, we throw ourselves away
And we make it every time
When I thought I was okay
You said I was alright
As the night comes crashin' down
We catch ourselves a line
Yeah, we’re only makin' out
If we make it out alright

Tradução da letra

Eu é que te trago café.
Quando não te consegues levantar
Serei eu a apagar a luz
Quando fores dormir
Serei eu a dar-te a volta ao estômago.
Em algo mais e você diz
Cala-te, Cala-te, sempre que digo
Vou ser eu a tirar-te o casaco.
Um para assumir a culpa
Serei aquele a quem chamas amante
De vez em quando
Vais ser tu a manter-me sóbrio.
Um para me manter são e tu dizes
Cala-te, Cala-te, sempre que o digo e corto os dedos até ao osso
E dividia os meus lados por ti
Esta noite, deitamo-nos fora.
E fazemo-lo sempre
Quando pensei que estava bem
Disseste que eu estava bem.
À medida que a noite cai
Apanhamos uma linha.
Sim, só estamos a curtir
Se conseguirmos sair bem
Eu serei aquele que está ao teu lado
Na fotografia
Eu serei aquele que está na tua água
Quando me queres lá
Eu serei aquele por quem estás a cair
Cada vez que RIS e dizes
Cala-te, Cala-te, sempre que digo
Serei eu quem te mantém a adivinhar
Que jura muito
Serei eu a deixar as tuas cores
Na lavagem branca
Vais ser tu quem derruba o homem
Eu estava a bater-me e tu dizes:
Cala-te, Cala-te, cada vez que o digo e me cortas a cara, eu disse-te e arranco os olhos por ti
Esta noite, deitamo-nos fora.
E fazemos sempre
Quando pensei que estava bem
Disseste que eu estava bem.
À medida que a noite cai
Apanhamos uma linha.
Sim, só estamos a curtir
Se conseguirmos sair bem
E eu cortava os dedos até ao osso
E dividia os meus lados por ti
Esta noite, deitamo-nos fora.
E fazemos sempre
Quando pensei que estava bem
Disseste que eu estava bem.
À medida que a noite cai
Apanhamos uma linha.
Sim, só estamos a curtir
Se conseguirmos sair bem