Jontte Valosaari — Ensimmäistä Kertaa letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Ensimmäistä Kertaa" de Jontte Valosaari.

Letra

Taisin lumoutua, vaikka tiedän maineesi
Mut pulssi pomppaa, kun sä kurvaat siihen viereeni
Tiedät varmaan sen, sä et oo ensimmäinen
Mut hitto soikoon, tahdon, et oot mulle se viimeinen
Sil ei oo merkitystä mistä sä tuut
Vaan minne sun kanssas meen ja mitä sun kanssas teen
Sä et tunnu välittävän mitä musta puhutaan
Vaan otat mut vastaan kuin oisit odottanut ainiaan
En tarvii sun vieraskirjaa
Jos et säkään aio vanhoja kaivaa
Puhdas kanvas, tästä tää alkaa
Suudellaan niin kuin ensimmäistä kertaa
Lasken seppeleen ja suu vetää virneeseen
Lepää rauhassa, liukas playboy, skoolaan muistolles
Nyt oon eri mies, mul ei oo kiire minnekään
Aidan toisella puolen ei oo enää mitään nähtävää
En tiennyt mitä mä etsin tai mitä koitin todistaa
Oot paljon parempaa mitä osasin odottaa
Kyläkollit huutelee, etten saa sua talttumaan
Antaa huutaa vaan, sen riskin oon valmis ottamaan
En tarvii sun vieraskirjaa
Jos et säkään aio vanhoja kaivaa
Puhdas kanvas, tästä tää alkaa
Suudellaan niin kuin ensimmäistä kertaa
Ei oo väliä mistä tuut
Vaan minne mun kanssani meet
En tarvii sun vieraskirjaa
Jos et säkään aio vanhoja kaivaa. Vanhoja muistaa
Puhdas kanvas, tästä tää alkaa
Suudellaan niin kuin ensimmäistä kertaa
En tarvii sun vieraskirjaa
Jos et säkään aio vanhoja kaivaa
Puhdas kanvas, tästä tää alkaa
Suudellaan niin kuin ensimmäistä kertaa

Tradução da letra

Acho que fiquei hipnotizado, apesar de conhecer a tua reputação.
Mas o pulso salta quando se curva mesmo ao meu lado.
Deves saber que não és o primeiro.
Mas raios, eu sei, não és o último para mim.
O Sil não importa de onde vens.
Mas para onde vais comigo e o que faço contigo?
Não pareces importar - te com o que o Black diz.
Mas aceitas-me como se tivesses esperado para sempre.
Não preciso do teu livro de visitas.
Se você não vai cavar velhos também
Limpa a tela, é aqui que começa
Beijos como pela primeira vez
Eu ponho a coroa e a boca faz um sorriso
Descansa em paz, playboy escorregadio, em memória de skoola
Agora sou um homem diferente, a mul não tem pressa de ir a lado nenhum.
Não há mais nada para ver do outro lado da vedação.
Não sabia o que procurava ou o que tentava provar.
És muito melhor do que eu esperava.
As bancas da aldeia gritam: "não te consigo levar ao cinzel."
Deixa-me gritar, é esse o risco que estou pronto a correr.
Não preciso do teu livro de visitas.
Se você não vai cavar velhos também
Limpa a tela, é aqui que começa
Beijos como pela primeira vez
Não interessa de onde és.
Mas onde me encontro?
Não preciso do teu livro de visitas.
Se também não vais gostar dos antigos. Velho para lembrar
Limpa a tela, é aqui que começa
Beijos como pela primeira vez
Não preciso do teu livro de visitas.
Se você não vai cavar velhos também
Limpa a tela, é aqui que começa
Beijos como pela primeira vez