Insane Clown Posse — Someone's Gonna Die letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Someone's Gonna Die" de Insane Clown Posse.

Letra

I remember as a young buck, tryin' to get a grip in the southwest
Everyday I’m coming in with my mouth bust
Cause I fought back, I never hold out
I’m still a man even with my chin blown out
I held my ground, the city didn’t get to me
But when I came home daddy put his foot to me
I lay awake, praying that that the motherfucker dies
I see his fist then the pain in my mother’s eyes
Tell me lies, they did when I was only ten
They got me loony toony, I’m drinking boony gin
And once again, the city gave another test
I wasn’t there for my brother now he laid to rest
To the chest, a bullet got the best of him
They caught his killer, I’m going for the rest of em'
When they found, gun em' down, wicked clown, wicked sound
POP POP
The murder goes round and round, I wonder will it ever cease
Fuck the police, they tried to rape my niece
But at least she’s OK, they never caught her
I spend my nights in the gutter drinking sewer water
I’m not alone there’s others in my territory
We all share the same story
A horror story, and its gory
I join the gang, I’m riding high
So if you try to take my pride then someone’s gonna die
Someone’s gonna die cause it has to be
So many people live life dastardly
If you lookin' for the answer don’t be askin' me
I either blast him or he blastin' me
Back in the city, there’s only two kind of love
Clown love and the love for the up above
I fell in love with a bitch, she ho’d me
I should’ve listened to the carnies when they told me
Women are the devil, they pollute your mind
They take control with their hole, and then they roll
Its getting old, I’m grabbing every bitch I find
They try to play me, I punch em' in the lower spine
I’m on my mind, I’m steady trying to catch a grip, don’t wanna slip
The ghettos like a sinking ship
I’m going under, I wonder if i’m alone
I see my sadness drawn on with me in the ghetto zone
I show respect to the cruise, and with the lose
You might get shot up in the skull stepping on my shoes
My shoes are tracks, they’re nothing but $ 1.50
Just wanna murder anybody trying to get with me
I need my mother I miss her
I reminisce, I’m thinking about every Friday night, she’d bring us chips
I’m watching chips
She’d let us stay awake late, that shit was great
But now its all about hate
Them days are gone
I belong to another life, another time
When different shit is on my mind
Shit like murder, death, and graveyards, joker’s cards, and how someone’s gonna
die

Tradução da letra

Lembro - me de quando era jovem, a tentar controlar-me no sudoeste.
Todos os dias entro com a boca partida
Porque ripostei, nunca resisti
Ainda sou um homem mesmo com o queixo estourado
Defendi a minha posição, a cidade não me apanhou
Mas quando cheguei a casa, o papá Pôs-me o pé em cima.
Fico acordado, a rezar para que o filho da puta morra.
Vejo o punho dele e depois a dor nos olhos da minha mãe.
Diz-me Mentiras, fizeram-no quando eu tinha apenas dez anos.
Puseram-me maluco, estou a beber gin boony.
E mais uma vez, a cidade fez outro teste.
Eu não estava lá para o meu irmão agora ele descansou
No peito, uma bala levou a melhor.
Eles apanharam o assassino, eu vou atrás dos outros.
Quando encontraram, abatam-nos, palhaço malvado, som perverso
POP POP
O homicídio vai e vem, pergunto-me se alguma vez vai acabar.
Que se lixe a polícia, tentaram violar a minha sobrinha.
Mas pelo menos ela está bem, nunca a apanharam.
Passo as minhas noites na sarjeta a beber água do esgoto
Não estou sozinho. há outros no meu território.
Todos partilhamos a mesma história.
Uma história de terror, e sua sangrenta
Eu me junto ao gangue, eu estou Cavalgando alto
Por isso, se tentares tirar-me o orgulho, alguém vai morrer.
Alguém vai morrer porque tem de ser
Tantas pessoas vivem a vida de forma covarde.
Se procuras a resposta, não me perguntes.
Ou o mato ou ele me destrói.
Na cidade, só há dois tipos de amor.
Clown love and the love for the up above
Apaixonei-me por uma cabra, ela fodeu-me
Devia ter ouvido os carneiros quando me disseram
As mulheres são o diabo, poluem a tua mente.
Eles assumem o controlo com o seu buraco, e depois rebolam
Está a ficar velho, estou a agarrar todas as putas que encontro
Eles tentam enganar - me, eu esmurro-os na parte inferior da coluna.
Estou na minha mente, estou firme a tentar agarrar-me, não quero escorregar
Os guetos como um navio a afundar
Vou afundar-me, pergunto-me se estou sozinho
Vejo a minha tristeza atraída por mim na zona do gueto
Eu respeito o Cruzeiro, e com a perda
Podes levar um tiro no crânio a pisar-me os sapatos.
Os meus sapatos são pegadas, não passam de 1,50 dólares.
Só quero matar qualquer um que tente ficar comigo.
Preciso da minha mãe. tenho saudades dela.
Lembro-me que todas as sextas à noite, ela trazia-nos batatas fritas.
Estou a ver o chips.
Ela deixava-nos ficar acordados até tarde.
Mas agora é tudo sobre ódio
Esses dias acabaram.
Eu pertenço a outra vida, noutra altura
Quando coisas diferentes estão na minha mente
Merdas como homicídio, morte e cemitérios, cartas do joker, e como alguém vai
morrer