Gandalf's Fist — The Battle for Tannhäuser Gate letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "The Battle for Tannhäuser Gate" de Gandalf's Fist.

Letra

Time has come on this hallowed day
All the voices I here all the passion play
And I do it all for you, all the little things you do
I have seen in your eyes, I have seen deep inside
But the battle has led me to you
I walked the fields of the dead in my sleep
All the while I hear cries on the wind
I will die in my boots should I fall on the noose
When the fields run red in the morning
And I don’t know why you don’t fall this way
And the tears I cry will be lost in the rain
When you look me in the eye
And you say it’s time to die
I have seen ships ablaze
As we open the gate
But the fire that burned was inside
I walked the fields of the dead in my sleep
All the while I hear cries on the wind
I will die in my boots should I fall on the noose
When the fields run red in the morning
I walked the fields of the dead in my sleep
All the while I hear cries on the wind
I will die in my boots should I fall on the noose
When the fields run red in the morning
I walked the fields of the dead in my sleep
All the while I hear cries on the wind
I will die in my boots should I fall on the noose
When the fields run red in the morning

Tradução da letra

Chegou a hora neste dia sagrado
Todas as vozes eu aqui toda a paixão toca
E faço tudo por ti, todas as pequenas coisas que fazes
Eu vi nos teus olhos, eu vi lá no fundo
Mas a batalha levou-me até ti.
Caminhei pelos campos dos mortos enquanto dormia
Enquanto ouço gritos no vento
Morrerei com as minhas botas se cair no laço
Quando os campos ficam vermelhos pela manhã
E não sei porque não caias assim.
E as lágrimas que choro serão perdidas na chuva
Quando me olhas nos olhos
E dizes que está na hora de morrer
Vi navios a arder
Enquanto abrimos o portão
Mas o fogo que ardeu estava lá dentro.
Caminhei pelos campos dos mortos enquanto dormia
Enquanto ouço gritos no vento
Morrerei com as minhas botas se cair no laço
Quando os campos ficam vermelhos pela manhã
Caminhei pelos campos dos mortos enquanto dormia
Enquanto ouço gritos no vento
Morrerei com as minhas botas se cair no laço
Quando os campos ficam vermelhos pela manhã
Caminhei pelos campos dos mortos enquanto dormia
Enquanto ouço gritos no vento
Morrerei com as minhas botas se cair no laço
Quando os campos ficam vermelhos pela manhã