Gandalf's Fist — A Universal Wanderer letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "A Universal Wanderer" de Gandalf's Fist.

Letra

Look at me now, the sins of the crown
All the paths you have made are the tears of the grave
Take me home
It’s easy now to see the suffering and pain
It’s easy now to see the world’s so far away
And Every time I can see it I just close my eyes
It seems to be the end of time
Fire in the sky, screams in the night
Is the future we crave the future we’ve made?
What do you see?
It’s easy now to see the suffering and pain
It’s easy now to see the world’s so far away
And Every time I can see it I just close my eyes
It seems to be the end of time
Woah…
I’m 17 and I’m still waiting for the energy to fade away
I’m 99 and I’m still sure that the universe was born today
And all at once I see through time
And another world falls to decay
Another day in the life of the Universal Wanderer today
Woah!
Look at me now, look at me now
Look at me now, look at me now
What do you see?
What do you see?
Look at me now, look at me now — It’s make believe
Look at me now, look at me now — What do you see
Look at me now, look at me now — It’s make believe
Look at me now — what do you see?
It’s easy now to see the suffering and pain
It’s easy now to see the world’s so far away
And Every time I can see it I just close my eyes
It seems to be the end of time

Tradução da letra

Olha para mim agora, os pecados da coroa
Todos os caminhos que fizeste são as lágrimas da sepultura.
Leva-me para casa.
Agora é fácil ver o sofrimento e a dor
Agora é fácil ver o mundo tão longe
E sempre que o vejo fecho os olhos
Parece ser o fim dos tempos
Fogo no céu, gritos na noite
É o futuro que desejamos o futuro que fizemos?
O que vês?
Agora é fácil ver o sofrimento e a dor
Agora é fácil ver o mundo tão longe
E sempre que o vejo fecho os olhos
Parece ser o fim dos tempos
Woah…
Tenho 17 anos e ainda estou à espera que a energia desapareça
Tenho 99 anos e ainda tenho a certeza que o universo nasceu hoje.
E tudo de uma vez eu vejo através do tempo
E outro mundo cai para a decadência
Outro dia na vida do viajante Universal hoje
Woah!
Olha para mim agora, olha para mim agora
Olha para mim agora, olha para mim agora
O que vês?
O que vês?
Olha para mim agora, olha para mim agora-é fazer de conta
Olha para mim agora, olha para mim agora — o que vês
Olha para mim agora, olha para mim agora-é fazer de conta
Olha para mim agora. o que vês?
Agora é fácil ver o sofrimento e a dor
Agora é fácil ver o mundo tão longe
E sempre que o vejo fecho os olhos
Parece ser o fim dos tempos