Barry McGuire — She Belongs To Me letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "She Belongs To Me" de Barry McGuire.

Letra

She’s got everything she needs, she’s an artist, she don’t look back
She’s got everything she needs, she’s an artist, she don’t look back
She can take the dark out of the nighttime and paint the daytime black
She never stumbles, she’s got no place to fall
She never stumbles, she’s got no place to fall
She’s nobody’s child, the Law can’t touch her at all
You will start out standing, proud to steal her anything she sees
You will start out standing, proud to steal her anything she sees
But you will wind up peeking through her keyhole, down upon your knees
So bow down to her on Sunday, salute her when her birthday comes
Ah, bow down to her on Sunday, salute her when her birthday comes
For Halloween buy her trumpets and for Christmas, give her big drums
She’s got everything she needs, she’s an artist, she don’t look back
She’s got everything she needs, she’s an artist, she don’t look back
She can take the dark out of the nighttime and paint the daytime black

Tradução da letra

Ela tem tudo o que precisa, é uma artista, não olha para trás.
Ela tem tudo o que precisa, é uma artista, não olha para trás.
Ela pode tirar o escuro da noite e pintar o dia de preto
Ela nunca tropeça, não tem onde cair
Ela nunca tropeça, não tem onde cair
Ela não é filha de ninguém, a lei não lhe pode tocar.
Você vai começar de pé, orgulhoso de roubar-lhe tudo o que ela vê
Você vai começar de pé, orgulhoso de roubar-lhe tudo o que ela vê
Mas vais acabar a espreitar pelo Buraco da fechadura dela, de joelhos.
Então Curvem - se perante ela no domingo, saúdem-na quando o seu aniversário chegar
Curvem - se perante ela no domingo, saúdem-na quando o seu aniversário chegar
Para o Dia Das Bruxas comprar-lhe trompetes e para o Natal, dar-lhe grandes tambores
Ela tem tudo o que precisa, é uma artista, não olha para trás.
Ela tem tudo o que precisa, é uma artista, não olha para trás.
Ela pode tirar o escuro da noite e pintar o dia de preto