Antonio Orozco — Eres letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Eres" de Antonio Orozco.

Letra

Desperté a tu lado, desperté sin aire y desperté.
¿Sabes qué? jamás pensé que el tiempo fuese tiempo,
que mi vida fuese tuya y que mi aire fueran versos para ti.
Desperté sabiendo que tus besos me acompañan,
que nada importa nada más que tú.
¿Sabes qué? te encontré.
Encontré mi todo, encontré la calma y me encontré.
¿Sabes qué? jamás pensé que el antes nos gritara,
que el cielo nos mirara,
que el mar nos envidiara y te encontré,
sabiendo que mis miedos ya no hablan,
que nada importa más que tú. ¿Sabes qué?
Eres la razón de mis mañanas,
eres todas mis batallas y eres una lluvia fresca en pleno abril.
Eres una música con alma, eres tierra y eres agua,
eres tanto que no sé ni qué decir.
Así no dejas que me pierda nunca,
no hay dónde, ni verdad ni cuándo sin ti.
Seré tu espejo, seré la palabra, seré…
y ¿sabes qué? así seré el primero cada día,
seré destino y rima, seré secreto y vida para ti, lo seré.
Sabiéndome arquitecto de tus días, doctor y medicina para ti.
¿Sabes qué? Eres la razón de mis mañanas,
eres todas mis batallas y eres una lluvia fresca en pleno abril.
Eres una música con alma, eres tierra y eres agua,
eres tanto que no sé ni qué decir.
Así no dejas que me pierda nunca, no hay dónde,
ni verdad ni cuándo… no hay, no hay.
Y la música calla, y los pies no me andan
y mi mundo no gira sin ti.
Eres la razón de mis mañanas,
eres todas mis batallas y eres una lluvia fresca en pleno abril.
Eres una música con alma, eres tierra y eres agua,
eres tanto que no sé ni qué decir.
Así no dejas que me pierda nunca, no hay dónde,
ni verdad ni cuándo… sin ti.

Tradução da letra

Acordei ao teu lado, acordei sem ar e acordei.
Sabes que mais? nunca pensei que o tempo fosse tempo,
que a minha vida fosse tua e que o meu ar fosse versos para ti.
Acordei sabendo que os teus beijos me acompanham,
que nada importa mais do que tu.
Sabes que mais? encontrei-te.
Encontrei o meu tudo, encontrei a calma e encontrei-me.
Sabes que mais? nunca pensei que ele gritasse connosco,
que o céu olhasse para nós,
que o mar nos invejasse e te encontrei,
sabendo que meus medos não falam mais,
que nada importa mais do que tu. Sabes que mais?
És a razão das minhas manhãs,
você é todas as minhas batalhas, e você é uma chuva fresca em pleno abril.
Você é uma música com alma, você é terra e você é água,
és tanto que nem sei o que dizer.
Assim nunca me deixas perder,
não há onde, nem verdade nem quando sem ti.
Serei o teu espelho, serei a palavra, serei…
e sabes que mais? assim serei o primeiro todos os dias,
serei destino e rima, serei segredo e vida para ti, serei.
Sabendo arquiteto de seus dias, doutor e medicina para você.
Sabes que mais? És a razão das minhas manhãs,
você é todas as minhas batalhas, e você é uma chuva fresca em pleno abril.
Você é uma música com alma, você é terra e você é água,
és tanto que nem sei o que dizer.
Assim não me deixas perder nunca, não há onde,
nem verdade nem quando no não há, não há.
E a música fica quieta, e os pés não me andam
e o meu mundo não gira sem ti.
És a razão das minhas manhãs,
você é todas as minhas batalhas, e você é uma chuva fresca em pleno abril.
Você é uma música com alma, você é terra e você é água,
és tanto que nem sei o que dizer.
Assim não me deixas perder nunca, não há onde,
nem verdade nem quando sin sem ti.