Antonio Orozco — Déjame letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Déjame" de Antonio Orozco.

Letra

Hace mucho viento aqu afuera
voy a usarlo para hacerte llegar
todo aquello que dejaste a mi vera,
no es su sitio, no lo quiero guardar.
Llvate tus palabras de ensueo,
llvate tus baeras de sal,
llvate tus perfumes de enero,
llvate tu alianza de amar.
Llevo mucho tiempo pensando
que no pudo ser ms que lo que fue.
Saben bien los vientos que soplan
que lo hago por no saber decir.
Djame tus abrazos desnudos,
djame tus te quiero al dormir,
djame tus domingos de tarde,
djame que te pueda decir…
Que por momentos te echo de menos,
que sin tus besos no se vivir.
Cuento los das en que no hablamos,
no los contemplo, no se vivir.
Que si tus besos rondan mi cama,
aunque sea en sueos, no te olvides de m.
Djame.
Djame tus inicios sinceros,
djame tus maneras de amar,
djame tus rencores sin dueos,
djame que te pueda decir…
Que por momentos te echo de menos,
que sin tus besos no se vivir.
Cuento los das en que no hablamos,
no los contemplo, no se vivir.
Que si tus besos rondan mi cama,
aunque sea en sueos, no te olvides de m.
Djame.

Tradução da letra

Está muito vento aqui fora
vou usá lo para te fazer chegar
tudo o que deixaste para mim,
não é o lugar dele, não quero guardá-lo.
Leva as tuas palavras de seca,
leva as tuas baeras de sal,
llvate seus perfumes de Janeiro,
llvate sua aliança de amar.
Há muito tempo que penso
que não podia ser mais do que aquilo que era.
Sabem bem os ventos que sopram
que o faço por não saber dizer.
DJ me seus abraços nus,
djame seus te amo ao dormir,
djame seus domingos à tarde,
djame que te possa dizer…
Que por momentos sinto a tua falta,
que sem os teus beijos não sei viver.
Conto os dias em que não falamos,
não os contemplo, não sei viver.
Que se os teus beijos rondarem a minha cama,
mesmo que seja em sonhos, não se esqueça de M.
Djame.
Djame seus começos sinceros,
djame suas maneiras de amar,
DJ me seus rancores sem duelos,
djame que te possa dizer…
Que por momentos sinto a tua falta,
que sem os teus beijos não sei viver.
Conto os dias em que não falamos,
não os contemplo, não sei viver.
Que se os teus beijos rondarem a minha cama,
mesmo que seja em sonhos, não se esqueça de M.
Djame.