Alan Marco — Estas Que Te Pelas letra e tradução

A página contém a letra e a tradução em português da música "Estas Que Te Pelas" de Alan Marco.

Letra

Cuantas ganas tengo de robarte un beso
Y me desanimo aunque te deseo
Porque tú te sientes caída del cielo
Dices que ni sueñe con tocar tu pelo
Mientes cuando dices que me tire al suelo
Cuando tu lo pidas tronando los dedos
Se que no estas echa de madera o hielo
Y tarde o temprano me dirás te quiero
Y es que tu te sientes tocada por dios
Dices y presumes que me estoy muriendo por tener tu amor
Que estas como quieres de pies a cabeza
Y no se midió la naturaleza
Con tanta belleza que en ti reunió
A mi no me importa si vuelas o no
Pero estoy seguro que tarde o temprano me darás tu amor, pues cuando me acerco
oigo que se agita tu respiración
Y estas que te pelas porque te de un beso no digas que no…
Mientes cuando dices que me tire al suelo
Cuando tu lo pidas tronando los dedos
Se que no estas echa de madera o hielo
Y tarde o temprano me dirás te quiero
Y es que tu te sientes tocada por dios
Dices y presumes que me estoy muriendo por tener tu amor
Que estas como quieres de pies a cabeza
Y no se midió la naturaleza
Con tanta belleza que en ti reunió
A mi no me importa si vuelas o no
Pero estoy seguro que tarde o temprano me darás tu amor
Pues cuando me acerco oigo que se agita tu respiración
Y estas que te pelas porque te de un beso no digas que no…
A mi no me importa si vuelas o no, tarde o temprano me darás tu amor no digas
que no… Pues cuando me acerco oigo que se agita tu respiración,
no digas que no… No digas que no… No digas que no…

Tradução da letra

Quantas vezes tenho vontade de te roubar um beijo
E desanimo me mesmo que te deseje
Porque você se sente queda do céu
Você diz que nem sonhe em tocar seu cabelo
Mentes quando dizes para me deitar no chão
Quando o pedires trovejando os dedos
Sei que não estás de madeira ou gelo
E mais cedo ou mais tarde vais dizer que te amo
E tu sentes te tocada por Deus
Você diz e presume que estou morrendo de vontade de ter seu amor
Que estás como queres da cabeça aos pés
E a natureza não foi medida
Com tanta beleza que em você conheceu
Eu não me importo se voas ou não
Mas tenho a certeza que mais cedo ou mais tarde me darás o teu amor, Pois quando me aproximo
ouço a tua respiração a abanar
E estás a descascar te porque te dou um beijo não digas que não…
Mentes quando dizes para me deitar no chão
Quando o pedires trovejando os dedos
Sei que não estás de madeira ou gelo
E mais cedo ou mais tarde vais dizer que te amo
E tu sentes te tocada por Deus
Você diz e presume que estou morrendo de vontade de ter seu amor
Que estás como queres da cabeça aos pés
E a natureza não foi medida
Com tanta beleza que em você conheceu
Eu não me importo se voas ou não
Mas tenho a certeza que mais cedo ou mais tarde me vais dar o teu amor
Quando me aproximo ouço a tua respiração a abanar
E estás a descascar te porque te dou um beijo não digas que não…
Eu não me importo se você voar ou não, mais cedo ou mais tarde você vai me dar seu amor não diga
que não oigo pois quando me aproximo ouço que se abana a tua respiração,
não digas que não digas não digas que não digas não digas que não…